Thursday, May 14, 2015


Negue









NEGUE

Composição: Enzo de Almeida Passos, Adelino Moreira

Negue seu amor e o seu carinho
Diga que você já me esqueceu
Pise machucando com jeitinho
Este coração que ainda é seu
Diga que meu pranto é covardia
Mas não se esqueça
Que você foi meu um dia
Diga que já não me quer
Negue que me pertenceu
Que eu mostro a boca molhada
Ainda marcada pelo beijo seu


Traduction libre :

Tu peux bien dire...

Tu peux nier m'avoir aimé(e),
[avoir jamais éprouvé de la tendresse pour moi]
Tu peux bien dire que tu m'as déjà oublié(e)
Tu peux bien fouler aux pieds
Ce cœur qui bat toujours pour toi
Tu peux bien dire que si je pleure, c'est par lâcheté
Mais n'oublie pas
Qu'un jour, tu as été à moi
Tu peux bien dire que c'est fini
Tu peux bien dire que tu ne m'as jamais appartenu
Moi, je te montre mes lèvres humides
Encore empreintes de ton baiser

3 comments:

another country said...

Très beau texte, et deux interprétations aux antipodes l'une de l'autre.

driftin' said...

Maria Bethania é um assombro. Quase uma tempestade. Cesária Évora - não lhe conhecia esta versão - foi uma revelação. Quase a representação do sossego!...

another country said...

Concordo!

Obrigado pela visita e pelo comentário informado.